Oncologia Clínica Florianópolis

Dr. Luiz Alberto Silveira - Oncologista Clínico / Diretor Clínico

Dr. Lucas Van de Sande Silveira - Oncologista Clínico / Diretor Técnico

Rua Dom Joaquim 885, 4ºandar

(48) 3364 1196/ (48) 99963 0335
(48) 99973 2472 |WhatsApp

A Oncologia Clínica Florianópolis oferece serviços oncológicos com excelência técnica e atendimento solidário, prezando pelo compromisso obstinado com a cura e qualidade de vida dos pacientes.

Prevenção

Você já deve ter ouvido a frase “é melhor prevenir do que remediar” não é ? Aparentemente esta é uma frase pertencente ao dito popular, pois não há uma clara referencia ao seu autor. Mas o que é prevenir? Buscando as definições sabe-se que prevenir significa informar com antecedência, tomar medidas para evitar um mal ou um dano, impedir que se execute ou que aconteça, avisar, precaver-se acautelar-se, premunir-se, preparar-se. Por outro lado se buscarmos o significado de prevenção, vamos encontrar como sinônimos, ato ou efeito de prevenir, podendo ser também uma opinião formada sem exame, parcialidade, preconceito. Assim você já pode antever a extensão e a abrangência do que se quer dizer sobre prevenção. O conceito de prevenção envolve um conjunto de medidas coerentes, duradouras, de modo a se evitar uma relação de danos, com adoção de estratégias duradouras, ao indivíduo, a família e a sociedade. A médio e longo prazos, a prevenção deve desenvolver uma cultura que promova valores e atitudes capazes de gerar uma sociedade mais consciente, sobre sua responsabilidade e de seus indivíduos, a respeito de suas escolhas capazes de produzir alegrias ou tristezas, saúde ou sofrimentos.

O conceito de prevenção está estabelecido em quatro níveis a saber :

Prevenção primária é o conjunto de ações que buscam afastar os fatores de risco ou de danos, visando diminuir a incidência de doenças, de acidentes, de sofrimentos psíquicos e morais, objetivando a promoção do bem estar e protegendo a qualidade e quantidade de vida das pessoas, a qualidade do meio ambiente, a qualidade das interações e inter-relações entre as pessoas, um grupo de pessoas e das populações dentro de um país e entre países. A prevenção do câncer do colo uterino pela realização do exame preventivo papanicolau, que permite o diagnóstico e tratamento da infecção pelo vírus do papiloma, causador deste tipo de câncer, a realização de colonoscopia que permite a retirada de pólipos existentes, que são causadores do câncer do intestino, são exemplos de prevenção primária na saúde. A adoção de uma direção defensiva no transito, de condutas preventivas de acidentes no trabalho, as vacinações, o tratamento da água, o saneamento básico, o estabelecimento de relações fraternas e amistosas também são formas de prevenção primária de danos e ou sofrimentos. A adoção de camisinhas e seringas descartáveis na prevenção do HIV também é exemplo de prevenção primária. A prevenção primária ganha forma prognóstica de uma saúde ampliada. Também como a prevenção primária se estabeleceu chamar de prevenção primordial ao conjunto de atividades que visam evitar o aparecimento e estabelecimento de padrões de vida social, econômica e cultural que se sabe estar ligados a um elevado risco de danos de toda ordem. A prevenção primária e primordial está voltada basicamente na educação para adoção de medidas que afastam os riscos.

Prevenção secundária é o conjunto de ações que visam o diagnóstico e a correção precoce dos danos afligidos a uma pessoa, a sociedade, as sociedades e ao meio ambiente, pelos diversos fatores de riscos existentes. A prevenção secundária objetiva a diminuição da prevalência de doenças e sofrimentos de toda ordem. Assim, a mamografia permite o diagnóstico precoce do câncer da mama, sobretudo nas mulheres entre 40 e 59 anos de idade, a realização do exame de sangue para a dosagem do PSA, o toque retal e a ecografia da próstata, podem permitir o diagnóstico precoce do câncer da próstata (prevenção secundária). O tratamento de uma água contaminada e de um ar poluído pode reduzir o dano máximo às pessoas e ao meio ambiente se diagnosticados precocemente. Todos os danos já existentes, sociais, econômicos e políticos se diagnosticados precocemente, podem permitir um tratamento imediato para sanear o problema e reduzir os danos por ele causados. Portanto a prevenção secundaria se resume na identificação o mais precoce possível de um dano já existente ou de um dano causado por múltiplas causas que não podem ser evitadas. Por exemplo, os fatores de risco conhecidos para o câncer da mama são a tendência familiar, não amamentação, obesidade, primeira menstruação muito cedo e última menstruação muito tardia, primeiro filho após os 30 anos. Como se pode evitar a tendência familiar e a primeira menstruação muito cedo ou muito tardia ? Portanto, o câncer da mama não é passível de prevenção primária e sim secundária (diagnóstico precoce)

Prevenção terciária é o conjunto de ações que visam o tratamento de um dano estabelecido. A prevenção terciária visa reduzir a incapacidade de forma a permitir uma rápida e melhor reintegração da pessoa e das pessoas na sociedade e pode ser entendida também como reabilitação. Prevenção terciária significa tratar o mais precocemente possível um dano, uma atitude, um comportamento, de modo a se conseguir a volta a normalidade do funcionamento orgânico, psíquico, social, econômico e político o mais breve possível.

Prevenção quaternária é o conjunto de ações que visa evitar o exagero e os excessos na prevenção primária, secundária e terciária. Evitar uma super-medicação é um exemplo de prevenção quaternária. Assim, também é prevenção quaternária evitar-se as conseqüências desnecessárias pelo abuso de exigências sanitárias, abuso de leis sociais e econômicas e abuso de poder. A prática da prevenção quaternária pressupõe dizer-se “não” a muitas propostas francamente inaceitáveis e oferecer-se alternativas prudentes e científicas para os excessos de comportamentos e atitudes. A prevenção quaternária não elimina a conduta, mas busca temperá-la de parcimônia e sensatez, objetivando a máxima qualidade com a mínima quantidade de regras e ações, de uma forma mais próxima possível da pessoa , das pessoas, da sociedade, do meio ambiente e das ações políticas, econômicas e sociais de um povo.

Prevenção deve ser a palavra de ordem nas escolas em todos os níveis de escolaridade.

Luiz Alberto Silveira

Oncologista Clínico

 

 
joomla wellnessLorem Ipsum has been the industry's standard dummy text ever since the 1500s...
Heeey, this is poll in the drop-down menu?!